terça-feira, outubro 28, 2008

Mamas para que vos quero

De vez em quando, a mim como a toda a gente, acontecem coisas que não lembram a ninguém. E digo a mim como a toda a gente, porque embora seja habitual o recurso à expressão "isto só comigo!", mal seria que realmente o fosse, que era no mínimo uma grande injustiça para com a minha humilde pessoa, que certas coisas só se passassem comigo, logo eu que não faço mal a ninguém, para além de que ficava eu com o exclusivo de coisas para contar no blogue do género "isto só comigo", e as outras pessoas não tinham nada para contar, o que era chato.

Mas realmente, isto há coisas que só comigo. E assim introduzo a problemática da mama, ora aí está, dirão alguns, até que enfim vem aí algum assunto com interesse, por esta altura já finalmente captei a atenção de todos os que não desistiram logo ao primeiro parágrafo, para além de que a partir daqui vai ser vê-los a cair que nem tordos à procura de mamas, mais outra, isto nas próximas semanas o contador de visitas vai andar sem saber para que lado se há-de virar.

Falemos pois de mamas, mas aviso já, caro leitor e/ou pesquisador incauto, que não se vai tratar bem disso de que anda à procura. Mas como não quero deixar nenhum cliente insatisfeito, tenha a bondade de clicar aqui, e faça o favor de ir à sua vida. Obrigadinha.

Levei as minhas mamas a fazer uma ecografia mamária. Coisa banal, julgava eu, mas como disse, há coisas que só comigo. Que o meu ginecologista acha que eu, com 36 anos, sem nunca ter fumado um único cigarro na vida (é verdade, nem sequer para experimentar), nem queixas de coisa nenhuma, não tem necessidade de fazer mamografia antes dos 40. E eu, tudo bem. Lá fui eu, as mamas, a requisição do médico, bater de frente com uma outra médica que diz não senhor, a partir dos 35 ou faz as duas coisas ou não faz nenhuma. Se vem para fazer "eco" tabém tem que fazer "mamo", o seu médico é uma besta que só a manda fazer uma coisa quando devia mandar fazer as duas e ponha-se mas é a andar que já me está a maçar.

O meu doutor ginecologista (porque será que esta especialidade médica me dá sempre tanta história para contar na minha vida, valha-me a santa) manteve o que disse. Não vê necessidade nenhuma de uma mamografia. Solução? "Vá a outro lado"!...

E uma pessoa fica assim a perguntar-se quem terá razão. Já não é a primeira vez que penso nisto, dantes havia certos profissionais no mundo nos quais era suposto ter-se uma total confiança. Hoje em dia já não é mesmo nada assim. Sinto muitas vezes que antes pelo contrário, temos é que arranjar maneira de nos apetrecharmos para podermos defender os nossos interesses apesar da existência deles!

É realmente bizarro que para se lidar com os médicos o melhor seja também sabermos alguma coisa de medicina, que para se entender os advogados seja melhor irmos nós estudar as leis, para se falar com os informáticos tenhamos que... não, espera. Aí não adianta de nada estudar informática. No caso dos informáticos nada que a gente leia nos ajuda, estamos nas mãos deles. E nas dos mecânicos de automóveis também.

Médicos e advogados tudo bem, a gente pesquisa umas coisas na net, lê umas merdas e ficamos mais ou menos capazes de apresentar argumentos ou perceber quando alguma coisa não está a bater certo. Agora, informáticos e mecânicos não vale a pena, estamos nas mãos deles.

E assim termino o meu dia, um par de mamas perfeitamente ecografáveis, e ninguém que as queira ecografar. Nem mamografar, pelos jeitos.

7 comentários:

Anónimo disse...

Eu tenho 33 anos e a minha ginecologista tb diz que mamografia antes dos 40 sem motivo aparente nem pensar. Mas sempre me fizeram só ecografia sem dizer q tinha uma sem a outra não dá.

Anónimo disse...

Eu tenho 31 e quando tinha, talvez, uns 28 anos, senti dores num dos peitos e a minha médica só me mandou fazer ecografia! Pelos mesmos motivos: mamografia só em último caso! Por isso essa história da ecografia só com mamografia esta muito mal contada! A mamografia além de ser um exame super desconfortável, onde nos "espalmam" as mamas, não é benefica para as ditas por não deixa de ser um RX.

André disse...

lol, belo post!

Anónimo disse...

Tenho 37 anos e aos 35 o meu genecologista mandou-me fazer eco +mamografia só por percaução.Ás vezes temos que procurar os médicos certos porque as doenças da mama não escolhe idade.


Boa Sorte.
GG

mamã Xana disse...

Realmente há coisas que só te acontecem a ti! LOL LOL

(E um cházinho um dia destes? Scones? Hum?! Parece que não nos vimos há meses!!!)

redjan disse...

bli: assim de repente, de ecos e mamo's pouco entendo. Mas que é um facto dificil de papar esse de um médico jurar pela avózinha isto e outro pelo paizinho aquilo, lá isso é. Dasssssss, já não bastam os mecânicos e os informáticos!

redjan disse...

Ahhh.. e não resisti a linkar naquele ' aqui ' . Irra !! Será que aquela rapariga precisa de uma eco ou mamo? É que ainda posso pesquisar qq coisita e tentar ajudá-la !