sexta-feira, setembro 30, 2005

A vida é bela



No outro dia regressei a casa de autocarro com a minha sobrinha, de 16 anos, e uma amiga dela. Voltavam da escola, encontrámo-nos por acaso. Vinham às gargalhadas por causa de uma coisa qualquer. Porque o não sei quem veio-me falar, e riam-se, porque a professora de coiso e tal é uma ganda maluca, sabes que ela hoje, e riam-se, porque não sei como estou a perceber aquela matéria, e eu não estou a perceber nada, e riam-se.

Amanhã faço anos, vamos jantar, é de noite, tens que vir, para a semana há a Feira, temos que ir, não sei porquê os meus colegas só falam em sexo, as conversas todas, todas, dão sempre em sexo. E riam-se.

Elas e os outros todos, era ensurdecedor o chinfrim naquele autocarro. Ficam vermelhas, falam aos atropelos, riem até lhes faltar o ar. Andam ébrias com tanto deslumbramento pela vida. Estão imparáveis. São tão lindas!...

4 comentários:

Eu disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Eu disse...

Também já passei por isto.
Foi tão bom... mas parece que foi há tanto tempo.... :(

Pois Claro sou eu disse...

Caraças... pois é...
é mesmo giro não é ....
pois é...

eu também acho...
pois é...
só consigo dizer pois é... e às vezes não acho graça nenhuma, pois é....

Anónimo disse...

querida tia...tenho a dizer de minha justiça o seguinte....
......
......
(pensando)...
......
......
......
(só mais um bocadinho)...
......
......
OK!É verdade, mas assim é k é giro!
Falar sobre sexo(o nossso e o dos outros...)é a vidinha!Faz bem a todos e ñ é necessário ser jovem para o fazer, anda muita boa gente de 30 e tal anos a fazer o mesmo ou pior!!!São vidas!(e estou-me a rir)