terça-feira, abril 10, 2007

O poncho

Ganhei um poncho da Mango, pelo Natal (parecido com este da foto, mas mais giro). Ora acontece que aquilo dá certo trabalho a vestir e a despir, motivo pelo qual estava sentada a almoçar com ele vestido. O colega do lado, de vinte e poucos anos (uma criança, portanto!), entabulou comigo a seguinte conversa a respeito de… da…. do poncho, no fundo, a respeito do poncho:

R.: Eh pá, muito jeitoso, sim senhor, bem fashion. Mas porque é que estás com isso vestido enquanto estás a comer? Estás assim com tanto frio?

Eu: Nada disso. É que isto dá-me algum trabalho a vestir e a despir, porque tem um cinto meio manhoso…
(depois de algumas explicações de ordem prática sobre como vestir e despir o poncho) … e para me poupar a isso, resolvi almoçar com isto vestido.

R.: As mulheres são umas complicadas! Já viste bem o trabalhão que isso pode dar a um homem? Ficas a saber... (esta malta nova tem cá uma mania de que foram eles a inventar o pai-nosso e que agora têm esta missão humanitária de o ensinar aos mais velhos!...) ... que os homens não gostam disso! Gostam é de coisas simples, que se dispam num instante!

Eu: Bom. Embora sejas um rapaz novinho, acho que já tens idade suficiente para saber algumas coisas. Vou dar-te uma novidade. Uma coisa que dê trabalho a despir pode ser muuuuuuito estimulante em determinados momentos, ok?...

R.: Bom. Embora já tenhas uma certa idade, acho que também ainda poderás saber do que é que eu estou a falar. Essas demoras não têm piada NENHUMA se o único tempo disponível que tenhas for durante A HORA DE ALMOÇO, ok?!!!!...
(Diz ele com todo o ar de quem sabe exactamente do que é que está a falar...)

Donde se conclui que isto das pressas e dos vagares não é só uma questão de idades. Não se tem pressa só porque se é novo. É também porque não há espaço, nem horários compatíveis com o vagar. Mas pensando bem, a verdade é que não têm espaços nem horários porquê? Porque são novos, lá está. Realmente, agora que penso nisto, prefiro de longe ter “trintas” a ter “vintes”. E não é só por causa do poncho!...

2 comentários:

Phantom disse...

Pois, realmente são pontos de vista...uns não gostam de perder tempo, outros estimulam-se com os "preparativos" relacionados com a "perda" de tempo...

Miss Alcor disse...

Olha, eu ainda estou nos "vintes" mas às vezes pergunto-me se estarei na idade certa!
Não suporto apressados! E muito menos gajos com a mania!