terça-feira, setembro 25, 2007

Olha o meu carro!...

Foi o que exclamei, com grande alegria, quando o antigamente meu Renault Clio apareceu a circular à minha frente em plena auto-estrada.

Vendi o carro há quatro anos atrás, e foi a primeira vez que me aconteceu isto de ver a minha ex-propriedade por aí a passear.

Que importância é que isto tem? Nenhuma. Mas ainda assim foi giro e estranho ao mesmo tempo. Ultrapassou-me e tudo. Levava um homem com um bigode lá dentro. Espectáculo.

7 comentários:

Patrícia disse...

ehehe, não tem importância nenhuma realmente, mas é giro!!!

Aconteceu-me o mesmo o ano passado no eixo norte-sul. O carro que eu tinha vendido para comprar um computador portátil (!!!) passou por mim! Carro não tenho, mas o portátil velhinho ainda bomba!!!

redjanpais disse...

Bli: Fico na dúvida ... quando vendeste o carro ... tinhas bigode ? Ou são já sinais do novo proprietário ?

Cati disse...

Hihihihi!!!

Também já me aconteceu!!!

Eu amava aquele carrinho... um Fiat Panda descapotável que quase voava aos 100 km/h!!!

Agora é propriedade de uma senhora velha e graaaande... que se soubesse o que já lá aconteceu dentro jamais teria coragem de tocar naquele volante!

Beijinho!

patologista disse...

E de repente fica uma nostalgia do carrito antigo, não?
Mudei de "casa". Aparece para ver.

raquel disse...

he he he

isto acontece-me todos os fins-de-semanas porque o meu querido progenitor vendeu o nosso carro a um familiar que nos visita regularmente!

Mas deve ser mesmo giro, e uma coincidência enorme, ver a ex-propriedade a passear!

Um beijinho!

ladybug disse...

Náaa! Se tem bigode não era eu. Mas podia ser :)

sobrinha disse...

kerido jump...deixas saudades...