quinta-feira, fevereiro 02, 2006

quinhentos mil euros

É tudo o que eu peço ao deus nosso senhor do euromilhões.

São cem mil contos. O suficiente para eu comprar uma casa na cidade e outra junto ao mar (o meu grande sonho), e nunca mais me ralar com rendas de casa na vida.

Meto uma licença sem vencimento por dois anos e vou dedicar-me a fazer um mestrado, experimentando pela primeira vez desde que saí do Secundário, o que é andar a estudar sem ter que trabalhar ao mesmo tempo. Quanto ao resto, logo se vê.

Já sei que são uns projectos um bocado acanhaditos, mas eu no que toca a dinheiro, como sempre tive pouco, tenho assim esta mentalidade de saloia, pronto.

4 comentários:

André disse...

O bom de não jogar é que não faço planos desses e assim tenho que me esforçar mais - não sou rico, sou pobre! -, mas consigo perceber o teu ponto de vista, também sou trabalhador-estudante-trabalhador...bom, não este ano...

Sonia disse...

Olha eu tb já não pedia mais, acredita!

racker disse...

Ai quinhentos mil... acho que já nem pedia tanto... eu sou pobre até a pedir, por isso é que peço tão pouco. Mas esses quinhentos mil até davam um certo jeito. Não percas a esperança, vais ver que um dia ainda tens sorte!

Pois Claro Sou EU disse...

Embora um pouco atrasada devido a problemas técnicos, não gostei, não gostei mesmo nada desta distribuição de dinheiro, peca por omissão.