segunda-feira, outubro 02, 2006

Crise da Segunda-Feira

Custou-me tanto hoje. Ainda estava meio escuro, e eu levantar-me sem luz do dia é um sacrifício do catano. E pensar em começar outra semana de trabalho, o mesmo trabalho, com as mesmas pessoas e os mesmos problemas eternamente sem solução, acordaram hoje ainda mais pesados do que habitualmente. Tive que recorrer à imagem mental da grua, a vir do tecto até ao nível da cama, a elevar-me em peso até me por de pé, e depois lá me levantei. Mas custou-me tanto.

Há bocado no café, enquanto tomava o pequeno-almoço, vi um garoto de uns quatro anitos aos gritos e a chorar, uma fita de todo o tamanho. A mãe teve que pegar nele ao colo e levá-lo enquanto ele esbraçejava: "NÃO QUEEEEERO! NÃO QUEEEEERO IR PARA A ESCOOOOOLA HOOOOOJE!...".

Privilégio de criança, isto de se poder fazer uma fita. Com mais 30 anos em cima, não me posso dar àquele luxo. Mas estou totalmente solidária com ele. Dentro de mim existe hoje algo dentro de mim que está igualmente aos gritos e a chorar compulsivamente. Humpf...

6 comentários:

manualdedeus disse...

Mas o miúdo também teve azar porque alguém pegou nele e o obrigou a ir.
Ora, se nas segundas-feiras, ou nos dias que não apetece ir trabalhar, aparecer uma mulher a dizer: mas tens que ir! Pegava-me ao colo e levava-me até ao meu trabalho, não seria assim tão mal.

thalassa disse...

Hoje estou solidária contigo Blimunda sete luas. Também hoje e de há algum tempo atrás me ando a arrastar. Todos os dias a fazer o que não quero. Sem ter tempo para o que quero. A protelar sempre "o quero". Sem ver chegar o meu dia. Não é o trabalho, que eu gosto muito de trabalhar. É toda uma vida a esgotar-se e eu impotente para a agarrar. Um bom resto de dia para ti Blimunda sete luas. Sabes alguma coisa do Baltasar sete sóis?

blimunda sete luas disse...

O Baltasar Sete Sóis morreu, só lhe restou a vontade, que ao que consta, foi a última a ser recolhida pela Blimunda Sete Luas.

Mas como pelos vistos Blimundas há muitas, também devem existir outros tantos Baltasares por aí, assim se consigam juntar as vontades de uns e doutros.

Morgana disse...

Olá.Visitei hoje pela primeira vez o teu blog e...deixa me que te diga fartei me de rir.Parabêns pela escolha dos textos e pelo sentido de humor
Beijinhos com votos de continuação deste blog
Morgana

blimunda sete luas disse...

Obrigada e bem vinda, Morgana! ;-)

mamã Xana disse...

Nada como quase três meses em casa para começar a ver tudo sobre outra perspectiva!

Mas é claro que me vai chegar um dia aí para pedir que o tempo volte para trás...:D

Bjs