domingo, outubro 23, 2005

A casa é bizarra como eu

Primeiro foi a prateleira da estante. Tombou de um dos lados, quase sem barulho nenhum, fez assim um "ploft", como quem diz, "ai credo, que já me custa tanto a aguentar este peso em cima". Tombou mas segurou estoicamente os livros em cima, o que foi positivo.

Ao fim de dois dias tombou outra. Grande espalhafato, livros pelo meio do chão, mas eu já tinha comprado coisas para substituir as outras coisas que se tinham partido e que servem para segurar as prateleiras nas estantes. Endireitei as prateleiras, pus os livros em cima outra vez.

Depois foram os estores da marquise. Cordão que serve para abrir e fechar, partido. Ou seja, ainda tenho que mudar esta porra toda antes de vender a casa.

Há bocado, e isto é que é muito estranho, dei com a mesma primeira prateleira outra vez tombada exactamente da mesma forma, com a coisa nova que eu lhe tinha posto, também ela partida. O interruptor da cozinha ameaça avariar-se a qualquer momento.

Não há dúvidas. A minha vontade de mudar de casa está a começar a transferir-se para os materiais que me rodeiam. A casa já sabe que eu desisti dela. Quer-me cá parecer que agora é ela que está a desistir de mim...

Agora já só rezo para que não se estrague nada de realmente sério e dispendioso de consertar, tipo, a canalização, ou a máquina de lavar...

4 comentários:

mamã Xana disse...

Não posso comentar... por razões óbvias eu sou a pessoa que neste momento menos pode falar sobre venda de casas e o temmmmmpo que demora! :)

Joaquim Varela disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Pois Claro sou EU disse...

Sempre acreditei que os espaços, objectos, etc. absorvem energia.
Não devo ser só eu porque desde sempre se ouviu falar em casas assombradas.
Para nosso sossego elas absorvem também os momentos bons, mas sabem quando já não nos encontramos em sintonia com elas.
Sendo assim, a tua casa também já anda à procura de um novo dono, o que te pode facilitar a vida. Ou então, a tua próxima casa já sabe que vai ser para ti, mas ainda não está pronta para te receber.
Seja como for, é preciso é ter calma, e deixar um bocadinho de espaço aos elementos envolventes, que tudo se resolve.
Acrescente-se que para estas teoria as agências imobliárias aparecem tal e qual como aparece o caruncho na madeira...

sobrinha disse...

acho k esse ponto de vista está errado....isso da casa desistir de ti...
n concordo
acho k ela ker é k fikes la pa todo o sempre a concertar e remodelar as coisas!
deste modo se a coisa continuar terás de ficar tempos e tempos a concertr a casinha k tanto adoras!