sábado, julho 02, 2005

É que não há limites para a estupidez...

Palavras de Mariah Carey: "Quando vejo as crianças a passar fome em África dá-me vontade de chorar. Também gostava de ser assim magra, mas sem aquelas moscas à minha volta."

Andei a tentar arranjar qualquer coisa para comentar isto, mas olha, não consigo lembrar-me de nada...

2 comentários:

Pois Claro Sou Eu disse...

Realmente é muito difícil de comentar, até porque são estas coisas que eu considero serem um estimulante para a violência.
Ou seja, não se comenta, vai-se à mocita e dá-se-lhe uma carga de porrada.

Big Bada Bum disse...

Esta moça - bem jeitosa, por sinal! - está à procura de um jejum para adquirir maior leveza e agilidade, sem, contudo, ver o seu sono de beleza perturbado pelo zumbir de insectos com um porradão de olhos! Escolheu, de facto o momento certo para o fazer. Não podia ser mais na mouche, ou seja, nesse tal insecto multi-olhos. Aposto que se dispusesse apenas de uma sandes de arame farpado para arranhar a fome, iria pensar duas vezes antes de dizer tamanho impropério. Se calhar, ao ver as barriguitas inchadas daqueles pobres irmãos, pensará "Tão novinhos e já a abusar da bijeca!". Eh pá, ele há gajas - americanas, claro! - que só servem mesmo para fins que, ainda que aparentados com os reprodutórios, dispensem deliberadamente esse carácter altruísta da proliferação da espécie humana.